Trabalhe Conosco
Etiqueta
40 visitantes On-Line
1843265 acessos desde 12/2001
Home
História
Culinária
Notícias
Ofertas
Classificados
Como pagar
Promoção
Lista de compras
Jogo
Visita
Cadastro
Contato
 


   Barba Encravada nunca mais!


 
Há alguns anos atrás o conceito de masculinidade esbarrava na figura do bruta montes Arnold Schwarzenegger. Hoje em dia a coisa está mais light, o cara não precisa ser um troglodita pra parecer macho...ele pode até tomar banho!

Passar perfume, cuidar do visual, comprar roupas bacanas, usar cosméticos apropriados...tudo isso está em alta. O setor de beleza voltou-se para o segmento masculino e podemos encontrar desde produtos especiais até salões de beleza só para homens.

Goste ou não, essa moda pode dar cabo de uns problemas bem chatos, como a barba encravada, por exemplo. Se você quebra o pau com a lâmina de barbear toda vez que vai fazer a barba, se liga nas dicas e em avanços cosméticos e dermatológicos para resolver esse problema!

O que é um pêlo encravado
Os pêlos que temos pelo corpo são feitos de queratina e outras proteínas, que são basicamente os mesmos componentes do cabelo, das unhas, de penas e de chifres, mas acredito que só os dois primeiros nos interessam de maneira direta. No mais, cada um com seus problemas.

De todos os nossos pêlos, os da barba são os mais elásticos e resistentes. São cerca de 25 mil fios no rosto de um homem, que crescem em média meio milímetro a cada 24 horas.

O pêlo encravado, ou foliculite, é a inflamação do folículo piloso, que é a estrutura que fica dentro da pele e dará origem ao pêlo.

Quando o folículo inflama, há uma proliferação de células e acúmulo de líquido, formando uma bolinha vermelha na pele que enterra o pêlo e faz com que ele não consiga “sair” com facilidade.

O que causa
Quando a gente faz a barba, o atrito da lâmina de barbear causa pequenos cortes (muitas vezes impossíveis de enxergar) que acabam sendo infectados por bactérias, daí a pele inflama e incha. O pêlo cresce no meio dessa inflamação e encrava.

Como evitar e tratar
Segundo a dermatologista Dra. Ligia Kogos, o ideal é tomar cuidado para não detonar muito a pele ao se barbear. Utilizar um gel ou creme calmante pós-barba também é legal, prefira os que tenham substâncias como alantoína, azuleno e irgasan em sua composição.

Quando o problema é muito grave, com muitas regiões inflamadas, deve-se procurar um dermatologista!
Uma boa saída pra evitar os pêlos encravados é fazer uma leve esfoliação todo dia durante o banho ou pela manhã. Para isso é só utilizar um sabonete esfoliante ou outro produto indicado por um dermatologista que tem umas pequenas partículas que removem as células mortas que ficam na última camada da pele.

Tratamentos com laser
O tratamento com laser para desencravar os pêlos pode ajudar e aliviar muito o problema. Com uma única aplicação, o pêlo é enfraquecido sem que ele seja eliminado.

Também é possível aplicar o laser só na faixa onde a inflamação é muito intensa, normalmente na região do pescoço, por causa do suor e do atrito com as golas das roupas.

Dicas para se barbear

• Umedeça uma toalha com água morna e deixe ao redor do rosto durante uns 2 minutos antes de fazer a barba
• Se possível, faça a barba com navalha ou com aparelhos novos, de duas ou mais lâminas
• Jamais faça a barba sem espuma ou creme; eles ajudam a lâmina a deslizar
• Use água morna, se possível faça a barba sempre após o banho
• Passe a lâmina na direção do crescimento dos fios
• Deixe por último as regiões onde a barba é mais cerrada e grossa. Comece pelas bochechas e costeletas, depois área do lábio, queixo e por último o pescoço
• Ao terminar, enxágüe com bastante água fria e aplique um gel ou creme pós-barba
• Troque a lâmina depois da 4ª ou 5ª vez que usar
• Sempre que possível não faça a barba um dia da semana, para a pele descansar
• Um truque muito bom da Dra. Ligia: coloque, com cuidado para não espirrar, 10 gotas de amoníaco puro em um copo de água. Passe essa água na pele antes do creme ou espuma de barbear. Dessa forma o desprendimento do pelo se da com muito mais facilidade.


Fonte: igjovem.ig.com.br


Envie este artigo para um amigo Imprimir este artigo Comentários




Voltar para a página anterior